ABAP com foco em práticas performáticas de programação

qualidade de software

Gerentes de TI e de projetos de grandes empresas lidam com o desafio de desenvolver e gerir os projetos SAP com o máximo de eficiência, com soluções que precisam aumentar a produtividade e afastar os problemas ao decorrer do trabalho.

Se você é um desses profissionais, certamente chegou aqui por entender que falta alguma coisa para que os processos de desenvolvimentos sejam otimizados e para que as dores de cabeça, atrasos, falhas e estouros fiquem bem longe da experiência oferecida aos seus clientes.

Pensando nisso, hoje falaremos sobre as práticas performáticas de programação em ABAP com dicas simples, mas que terão o poder de mudar agora mesmo a sua visão sobre a maneira de lidar com os projetos.

Automatizar acompanhamento da qualidade do projeto desde a fase inicial

Não é difícil encontrar grandes problemas nas fases finais do projeto, e o mais grave é que boa parte deles poderiam ser facilmente resolvidos, caso fossem evidenciados desde o início do projeto.

Além de ter um acompanhamento preciso na qualidade, o desenvolvedor também precisa de um software que tenha capacidade para detectar erros e corrigi-los a qualquer momento, evitando assim aumento de custos, atraso na entrega e insatisfação de clientes.

Mas então, como realizar esse acompanhamento desde a fase inicial do projeto sem perder tempo e nem aumentar a equipe? A resposta é simples: automatizar!

Optar pela automatização da gestão de qualidade em tarefas repetitivas permite que a equipe foque em outros braços do projeto, e também que a qualidade seja analisada constantemente, evitando grandes problemas para as fases finais do desenvolvimento da programação ABAP. Resumindo, a qualidade dos projetos finais aumenta, e, por consequência, os custos são reduzidos.

Integração contínua

Quando o desenvolvimento do projeto se torna unificado, passamos a encontrar na programação o jeito ideal de formar um ciclo altamente produtivo para os processos e que se torna otimizado para desenvolver, obter os indicadores de desempenho, avaliar e então integrar continuamente todos os passos da linguagem do software em questão.

A grande sacada que faz dessa prática uma das mais poderosas para aumentar a performance da programação ABAP é que o desenvolvimento passa a ser pró ativo, a avaliação fica simplificada, o processo automatizado com a identificação de falhas e erro e a tomada da decisão encontra um caminho muito mais curto para o sucesso do projeto.

E como eu faço para adotar essas práticas na programação ABAP do meu projeto?

O caminho é mais fácil do que você imagina, e a porta de entrada para ele está no QAMetrik, que ajudará você a encontrar as melhores soluções para aumentar a produção dos seus projetos, com a unificação e automatização de tarefas como a inspeção do código fonte, geração de importantes indicadores de desempenho, feedback automatizado, integração BI/BW e tudo isso em desenvolvimento em conformidade com o programa SAP PartnerEdge (Application Development Program).

Falamos aqui de algumas práticas que você precisa incluir em seus projetos agora mesmo, mas você sabe quais são os retornos mais vantajosos? Então veja a seguir:

  • Com a automatização você reduz tempo para avaliação e liberação;
  • O trabalho de reprogramar diminui claramente;
  • A qualidade se torna padronizada;
  • Melhoria na assertividade;
  • Prazos de entregas sem sufoco;
  • Redução de custos;
  • Menos recursos investidos em TI.

Gostou da nossa dica de hoje? Quer ficar por dentro de mais artigos como esse? Então deixe os seus comentários, continue nos acompanhando e encontre aqui as soluções que transformam completamente a experiência e a qualidade final dos seus projetos.

Especialista

 

Guia Completo de Políticas de Qualidade SAP ABAP


Voltar