Automatize processos repetitivos e tire o gargalo do projeto

Você trabalha na área de TI e tem encontrado dificuldades para concluir os seus projetos na data prevista, gastando muitos recursos financeiros e profissionais?

Pois bem, saiba que este problema pode estar acontecendo devido à falta de automatização dos  processos repetitivos, que se bem feita poderia economizar o seu tempo e garantir que os projetos desenvolvidos sejam bem sucedidos.

Basicamente, a automatização dos processos repetitivos consiste em um conjunto de ações e ferramentas, que podem ser combinadas de acordo com as necessidades do seu projeto de TI, de modo a agregar maior praticidade, evitando que toda a equipe fique presa em função do desenvolvimento de um único projeto. Confira abaixo como automatizar processos repetitivos:

Tire o gargalo do projeto: 4 passos para automatizar processos repetitivos

1 – Faça o gerenciamento de senha

Quando uma equipe grande está trabalhando em um projeto de TI, um problema comum é a perda de tempo excessiva com definição, redefinição e bloqueios de senhas que dão acesso ao projeto que está sendo desenvolvido. Portanto, é mais do que recomendado promover o gerenciamento de senha.

O mais recomendado é que cada setor da equipe que está trabalhando no projeto tenha uma senha fixa, que deve ser divulgada para todos os profissionais envolvidos. Dessa maneira, evita-se o transtorno de criar novas senhas quase que diariamente, o que representa um atraso para o projeto.

2 – Promova a liberação e limpeza do espaço em disco do servidor

Então, a sua equipe está trabalhando no projeto de TI e de repetente acontece uma parada totalmente inesperada no servidor, atrasando as atividades? Muito provavelmente, este problema está acontecendo devido à falta de espaço no disco, o que o deixa sobrecarregado.

Para não passar por este transtorno, o ideal é promover a liberação e limpeza do espaço em disco do servidor, pelo menos uma vez por semana, excluindo aqueles dados que não mais necessário para o desenvolvimento do projeto. Isto fará com que o servidor fique mais leve e rápido.

3 – Monitore os arquivos e pastas automaticamente

Por mais bem planejada e organizada que seja a equipe de TI, sempre ocorre o risco de sumir uma pasta ou arquivo do computador, o que acaba aumentando o tempo de desenvolvimento do projeto. Para fugir deste risco, é indicado fazer o monitoramento dos arquivos e pastas.

Neste caso, pode-se instalar na máquina um software de monitoramento dos arquivos e pastas, que se atualiza diariamente, em que somente a pessoa que está trabalhando no projeto tem acesso através de uma senha exclusiva, além de poder verificar as alterações que ele sofreu nos últimos dias.

4 – Configure o restart dos serviços remotos

Um problema bastante comum nas equipes de TI é quando um serviço remoto para de funcionar devido ao fato de ter sido reiniciado várias vezes ao dia. Normalmente, nesta situação opta-se por promover o reinício da máquina ou do serviço para checar a sua disponibilidade, o que rouba o seu tempo de trabalho.

Este transtorno pode ser contornado através da configuração do restart dos serviços remotos, que deve ser programada de acordo com o fluxo de trabalhos realizados e a rotina da máquina. Dessa maneira, caso algum problema seja detectado, ele será sanado automaticamente.

E você, o que pode fazer para automatizar processos repetitivos? Conte para a gente na seção de comentários abaixo!

SAP ABAP Suite agende um horárioGuia Completo de Políticas de Qualidade SAP ABAP


Voltar