Fique por dentro das cinco tendências que influenciarão o futuro do ERP

Quando o assunto é tecnologia, as mudanças ocorrem de forma desenfreada. Tecnologias emergentes são lançadas rapidamente no mercado e outras são retiradas por ficarem obsoletas. Muitas inovações possuem caráter substitutivo e outras surgem e se integram às existentes. Este é o caso da internet das coisas, wearable, Big Data, Computação em Nuvem e outras.

É necessário manter o olhar desperto para acompanhar o mercado. Ficar atento às tendências e procurar se adequar na busca de oportunidades é condição primordial para continuar “vivo”. No universo do ERP (Enterprise Resource Planning) a preocupação também é grande, pois estas tecnologias são capazes de transformar os negócios. Como se preparar rapidamente para isto? Confira, no post de hoje, cinco tendências que influenciarão o futuro do ERP.

1. IoT

O cenário é de uma era de conectividade e a IoT é capaz de fornecer objetos com capacidade para transferirem dados através de uma rede sem a necessidade de interação humana.

Quanto aos softwares do ERP, eles podem estar disponíveis e conectados às ferramentas, assim como a alimentação dos dados. O ideal é adequar as aplicações para hospedagem na nuvem.

2. Wearable

De acordo com o Instituto Gartner, o mercado de “vestíveis” valerá 10 bilhões de dólares até 2016. Apesar de muitas das aplicações dos objetos vestíveis estarem voltadas para o consumo pessoal, outras tantas estão voltadas para o mundo corporativo. Um exemplo disto é a Realidade Aumentada, inspiradora de óculos como Google Glass, permitindo a liberação das mãos em muitos tipos de trabalhos,  como, por exemplo, o de técnico em campo.

Outros dispositivos, como relógios inteligentes podem ajudar a melhorar a gestão em diversos segmentos integrando-se facilmente aos aplicativos de negócios e, principalmente, ao ERP corporativo.

3. Big Data

O volume de dados provenientes dos processos de automação nas empresas é grande e, geralmente, torna-se subutilizado.  Através das ferramentas analíticas, as organizações podem fazer bom uso desses dados propiciando mais inteligência para sua estratégia de negócios.

4. Cloud Computing ou Computação em Nuvem

A adoção da nuvem pulverizou tanto que passou a ser necessária, principalmente, em casos de grande volume de dados fornecendo acesso empresarial para dispositivos móveis, ambientes de máquinas, cada vez mais, conectados e virtualizados. Esta é a tendência mais popular com ERP.

5. Abertura de negócios para inovações

Estas várias tecnologias são capazes de reinventar processos de negócios, em cada segmento de atuação. É preciso estar em atenção constante quanto aos avanços tecnológicos e assumir a inovação na adoção de tecnologia para reduzir o tempo e aumentar a produtividade.

Se animou com o futuro do ERP? Deixe seus comentários aqui.

 

 

 


Voltar